Receba no seu e-mail

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Aprendendo a orar corajosamente- I Reis 17:1

Todo dia com Deus
Aprendendo a orar corajosamente

Ora, Elias, de Tisbe, em Gileade, disse a Acabe: `Juro pelo nome do Senhor, o Deus de Israel, a quem sirvo, que não cairá orvalho nem chuva nos anos seguintes, exceto mediante a minha palavra´. I Reis 17:1

Quando Elias orava as coisas aconteciam. As nuvens secavam ou derramavam chuva, corvos serviam como garçons, óleo e farinha se multiplicaram, fogo caiu do céu e um menino morto voltou à vida. Alguns desses milagres exemplificaram o tempo divino, e cada um deles serviu de exemplo do poder do Senhor. Todos nos lembram de que nada é impossível quando Deus decide agir.

Os que oram corajosamente podem ter a emoção de presenciar milagres. Alguns talvez questionem se Deus mudaria de fato o tempo como consequência da oração. E, no entanto, Ele já o fez: “Elias era humano como nós. Ele orou fervorosamente para que não chovesse, e não choveu sobre a terra durante três anos e meio. Orou outra vez, e os céus enviaram chuva, e a terra produziu os seus frutos” (Tiago 5:17-18). Elias era como nós; então, por que não podemos orar como ele orou?

Não temos de compreender como a oração funciona; só temos de crer que funciona. A maioria de nós nada entende de eletricidade, mas ainda assim esperamos que os aparelhos funcionem ao liga-los. A oração é a chave que faz as coisas funcionarem. Orar é o meio de nos ligarmos ao poder de Deus. Somos instruídos a orar “continuamente” (I Tessalonicenses 5:17). Deus prometeu ouvir e responder. Elias presenciou algumas respostas singulares à oração, mas sua capacidade de orar não era exclusiva. Quando se ora, grandes coisas acontecem, pois Deus ouve e responde segundo Sua vontade.

Oração
Senhor, sei que tu és o Deus de milagres e que nada é impossível para aqueles que oram no poder do teu Espírito. Ajuda-me a orar com ousadia e a crer em milagres como resposta às minhas orações.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

Orando por alguém - 1Reis 13.6

Todo dia com Deus
Orando por alguém que não merece

"Então o rei disse ao homem de Deus: "Interceda junto ao Senhor, o seu Deus, e ore por mim para que meu braço se recupere". O homem de Deus intercedeu junto ao Senhor, e o braço do rei recuperou-se e voltou ao normal."- 1Reis 13.6

Jeroboão liberou um motim contra Roboão e tornou-se rei das tribos de Israel. O profeta Aías predissera o sucesso de Jeroboão (1Re 11:29-40). Por não controlar Jerusalém, o rei temia perder a lealdade das pessoas caso continuassem a viajar até o templo. Assim, ele instituiu a própria religião, repleta de bezerros de ouro e altares (1Re 12:25-33). Quando um mensageiro de Deus, vindo de Judá, lançou uma profecia contra o altar pagão, o rei se ofendeu. Ao apontar o dedo para o profeta a mão do rei secou instantaneamente.

Então, o rei Jeroboão pediu: "Interceda junto ao Senhor, o seu Deus". Embora precisasse de ajuda, o rei não conseguiu reconhecer Deus como aquele a quem devia adorar. O fato de Deus tê-lo curado só pode ser visto como a graça divina estendida a um rebelde. Jeroboão, porém, não entendeu assim, pois continuou a promover a própria religião. A persistente rejeição a Deus levou Jeroboão a destruir sua família.

Apesar da ameaça do rei, o profeta dispôs-se a orar por Jeroboão. Aías tinha ordens de anunciar o juízo sobre a falsa religião; no entanto, ao surgir uma oportunidade de orar pelo obstinado rei, ele não hesitou. Jesus disse: "Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem"(Mt. 5:44).

Deus está disposto a ouvir orações em nosso favor quando não merecemos. Não devemos também hesitar em orar por outros, mesmo se acharmos que não merecem.

Oração

Senhor, ajuda-me a obedecer ao teu mandamento de amar os inimigos e orar pelos que me perseguem. Sei que já ouviste e respondeste as orações que outros fizeram por mim quando eu não merecia; ajuda-me a fazer o mesmo por outras pessoas.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Deus acima de tudo- 1 Reis 11:4

Todo dia com Deus
Colocando Deus acima de tudo

À medida que Salomão foi envelhecendo, suas mulheres o induziram a voltar-se para outros deuses, e o seu coração já não era totalmente dedicado ao Senhor, o seu Deus, como fora o coração do seu pai Davi. 1 Reis 11:4

Como alguém tao sábio como Salomão pôde afastar-se tanto dos caminhos do Senhor? Sua sabedoria se transformara em orgulho? Sua sabedoria se transformara em orgulho? Pensaria ser ele, e não Deus, o responsável por sua riqueza e suas bênçãos?

Durante vinte de seus quarenta anos de reinado, Salomão pareceu usar sua sabedoria de modo agradável a Deus. Entretanto, pouca menção se faz, durante esses anos, de sua vida de oração. Embora Salomão tenha oferecido sacrifícios no templo três vezes por ano, não há registro de conversas com Deus durante essas visitas, o que talvez signifique que eram simples formalidade.

Salomão encheu sua vida com tesouros, e foi ai onde acabou seu coração. O rei Salomão era o mais rico e o mais sábio de todos os reis da terra. (1 Reis 10:23) Deus prometera isso ( I Rs 3:13)

Com toda essa sabedoria, as riquezas não lhe deveriam ter subido a cabeça. Mas subiram! Jesus disse: ”Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Mt 6:21). Uma vez que o coração de Salomão se fixou na riqueza material, foi fácil para as suas mulheres estrangeiras afastarem o coração dele do Deus que tão ricamente o abençoara.

Qualquer um de nós pode ser tentado a colocar as coisas deste mundo acima do relacionamento com Deus. É por isso que devemos pedir-Lhe regularmente que nos mostre se alguma posse ou algum desejo está interferindo no caminhar com Ele. Devemos pedir ao Senhor não só sabedoria nessa área, mas também força para resistir a qualquer coisa que tente nosso coração a afastar-se dEle.

Oração

Deus, oro pedindo que meu tesouro sempre esteja em ti e não nas minhas posses ou nas distrações deste mundo. Ajuda-me a nunca criar um ídolo. Tu és o meu maior desejo e te coloco acima de tudo em minha vida.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Na presença de Deus- 1Reis 8.27

Todo dia com Deus
Humilhada(o) em sua presença

Mas será possível que Deus habite na terra? Os céus, mesmo os mais altos céus, não podem conter-te. Muito menos este templo que construí!".- 1Reis 8.27

O magnífico templo estava terminado. A mobília e os acessórios tinham sido instalados. A arca do Senhor encontrava-se no Lugar Santíssimo. Então, antes da celebração do corte da fita, a presença de Deus na forma de uma nuvem escura encheu o templo. A enorme multidão deve ter-se enchido de temor.

Salomão ergueu os braços para o céu, silenciando a assembléia, e orou. Depois de uma breve menção a seu pai, Davi, Salomão fez uma belíssima pergunta retórica: "Será possível que Deus habite na terra?" Em outras palavras: "Como esse templo pode conter-te?".

Ele sabia que, apesar de seu esplendor, o templo não podia conter Deus, já que nem mesmo os "mais altos céus" poderiam fazê-lo. Embora se tratasse de uma das mais esplêndidas estruturas que qualquer ser humano já criara para honrar a Deus, o verdadeiro esplendor do templo não estava na habilidade dos construtores, mas na presença divina.

Um meio de saber se você está na presença de Deus é o sentimento de humildade que a(o) toma quando se aproxima deEle em oração. Não se pode sentir vaidade e estar cheia do Espírito ao mesmo tempo. Você será sempre humilhada(o) ao compreender que esse Deus digno de reverência está disposto a viver em seu interior por meio do Espírito Santo.

Oração

Querido Senhor, agradeço por tua presença em minha vida. Sou grata(o) e sinto-me humilhada(o) por viveres dentro de mim, por meio do teu Espírito Santo. Ajuda-me a nunca encher-me de mim mesma, mas em vez disso, a sempre ser mais cheia de ti. Ajuda-me a perceber a tua presença especialmente quando leio a tua Palavra, quando oro e vivo de modo obediente nos teus caminhos.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A importância da confissão-2Samuel 24:10

Todo dia com Deus
A importância da confissão

Depois de contar o povo, Davi sentiu remorso e disse ao Senhor: "Pequei gravemente com o que fiz! Agora, Senhor, eu imploro que perdoes o pecado do teu servo, porque cometi uma grande loucura!- 2Samuel 24:10

Ninguém precisou dizer nada. A contagem terminou e o remorso atingiu Davi. Ele quis contar os guerreiros porque isso o faria sentir-se poderoso. Quando a arrogância e a ilusão foram reveladas, Davi confessou seu pecado ao Senhor.

Quando temos certeza de que fizemos algo errado, sentimo-nos envergonhadas(os). Devemos, porém, ter cuidado para que Satanás não nos faça sentir tão condenadas(os) que fiquemos envergonhadas(os) demais diante do Senhor. O inimigo quer que lutemos com a culpa até não conseguirmos mais orar. O Senhor, entretanto, nos deu um meio de livrar-nos desse tipo de condenação: a confissão.

Confessar é mais que apenas pedir desculpas. Há indivíduos que são ótimos em apresentar desculpas. De fato, algumas vezes dizem "sinto muito" sem na verdade admitir qualquer falta. Esses são os pedidores de desculpas profissionais. Já a verdadeira confissão significa reconhecer que erramos e admitir o pecado.

A confissão e o arrependimento não anulam as consequências. Davi foi ao lugar certo e fez o que era certo, mas ainda teve de pagar o preço. Algumas vezes o pecado traz consequências com as quais devemos lidar, com a ajuda do Senhor.
Quando se sentir culpada(o) e precisar confessar um erro, não hesite. Peça também a Deus que lhe mostre qualquer pecado que precise ser confessado. Você ficará surpresa(o) com a rápida resposta do Senhor a essa oração.


Oração
Senhor, peço que me mostres qualquer pecado em minha vida a fim de que possa confessá-lo. Não quero que a culpa na minha consciência atrapalhe minha caminhada contigo ou impeça minhas orações.Ajuda-me a sempre ter um coração arrependido, de modo que me afaste rapidamente do pecado.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

A areia movediça da tentação-2Samuel 11.2-3

Todo dia com Deus
A areia movediça da tentação

Uma tarde Davi levantou-se da cama e foi passear pelo terraço do palácio. Do terraço viu uma mulher muito bonita tomando banho, e mandou alguém procurar saber quem era. Disseram-lhe: “É Bate-Seba, filha de Eliã e mulher de Urias, o hitita”. 2 Samuel 11.2-3

Davi era um homem segundo o coração de Deus. Certa tarde, porém, não estava onde deveria. O certo seria estar com seu exército, lutando. Em vez disso, permaneceu no terraço, observando a mulher casada tomar banho na casa ao lado. Então, mandou trazê-la ao palácio… A partir desse ponto a história desandou.

Bate-Seba engravidou e seu marido foi morto na batalha. Fora esse o propósito do rei ao envia-lo. Davi casou-se com ela, mas eles perderam o filho. Se não fosse um confronto com o profeta Natã, Davi teria fugido da situação, pensando que enganara a Deus só porque encobrira suas pegadas. Mas não é assim que a coisa funciona.

Em vez de deleitar-se com aquela mulher nua, ele deveria ter desviado os olhos, admitido imediatamente a tentação diante de Deus e voltado para a privacidade de seu quarto. Se tivesse ficado ali até libertar-se da tentação, as tragédias jamais teriam ocorrido.

Mas, Davi “mandou que a trouxessem”. Enfiou o pé na areia movediça da tentação e, antes que percebesse, já havia afundado até o pescoço.

Qualquer coisa que nos afaste de Deus e nos induza a fazer o que contraria sua lei é tentação. Sempre que isso acontecer, vá a Ele e confesse. Peça-lhe que o liberte e então adore a Deus até sentir que a tentação o deixou.

A capacidade de resistir à tentação começa quando nos voltamos para o Salvador em busca de ajuda.

Oração
Deus, oro pedindo que me ajudes a sempre ser bem-sucedida (o)  em resistir à tentação. Ajuda-me a chegar mais perto de ti quando qualquer outra coisa tentar me afastar do teu caminho.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Quando Deus diz não- 2 Samuel 7.5,12-13

Todo dia com Deus

Quando Deus diz não

“Vá dizer a meu servo Davi que assim diz o Senhor: Você construirá uma casa para eu morar? [...] Quando a sua vida chegar ao fim e você descansar com os seus antepassados, escolherei um dos seus filhos para sucedê-lo, um fruto do seus próprio corpo, e eu estabelecerei o reino dele. Será ele quem construirá um templo em honra ao meu nome, e eu firmarei o trono dele para sempre.” (2 Samuel 7.5,12-13)

Não queremos ouvir um não quando precisamos de ajuda, quando pedimos alguma coisa ou quando queremos comprar algo. Nosso desejo é ouvir sim, sim, sim!

Davi esperava um sim de Deus — assim como o profeta Natã. Afinal de contas, Davi queria honrar a Deus construindo um lugar de adoração. Natã estava tão certo do sim de Deus que orientou Davi a seguir seu coração. Aquele lhe parecia um bom plano com uma boa motivação.

Deus então interferiu. “E naquela mesma noite o Senhor falou a Natã”. O profeta compreendeu que teria de dizer a Davi que aquele não era o plano de Deus.

A negativa de Deus não significa que ele não se importa conosco, mas, sim, que ele tem um propósito maior. O que você pediu pode ser perigoso, pode estar em segundo plano ou pode ser errado — talvez sua motivação não tenha sido correta. Deus sabiamente diz não.

Quando ouvir um não de Deus, confie na sabedoria dele. É possível que esteja assinalando um sim em outra direção! Davi recebeu um decepcionante não, mas viu também um sim futuro. O filho de Davi, Salomão, construiria o templo com recursos mais gloriosos que qualquer outro.

Quando Deus disser não a alguns de seus pedidos em oração, agradeça-lhe por sua sabedoria. Diga-lhe que ficará na expectativa do bem que resultará.

Oração
Senhor, confio em ti e aceito tuas respostas, mesmo quando não são o que eu gostaria. Sou grata a ti por saberes o que é melhor para mim.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Quando Deus dá instruções específicas-2 Samuel 5.19

Todo dia com Deus
Quando Deus dá instruções específicas

Davi perguntou ao Senhor: “Devo atacar os filisteus? Tu os entregarás nas minhas mãos?”. O Senhor lhe respondeu: “Vá, eu os entregarei nas suas mãos”. (2 Samuel 5.19)

Deus nem sempre é assim direto, mas às vezes nos instrui especificamente ao responder nossas orações. Se pedirmos direção e dependermos dele, o Senhor promete guiar-nos no caminho em que devemos andar (Is 48.17). Foi o que ele fez com Davi nessa passagem, dirigindo-o sobre quando e como atacar e assegurando-lhe o resultado. Muitas vezes não pensamos em pedir a Deus esse tipo de direção específica por não achar que ele nos responderá. O Senhor quer, no entanto, guiar-nos — até mesmo nos pequenos detalhes — e, quanto mais nos habituarmos a pedir, tanto mais aprenderemos sobre como ouvir-lhe a voz e discernir o que ele deseja que façamos em cada situação.

Não tenha medo de orar por orientação em áreas específicas de sua vida e não desanime se não obtiver respostas imediatas. Pode levar algum tempo para aprender a ouvir a voz de Deus dando-lhe direção. Mas você aprenderá e desfrutará mais intimidade em seu relacionamento com Deus. Ele deseja aproximar-se de você, portanto creia nisso e comece a fazer perguntas.

Oração

Senhor, não quero dar nem um passo sequer nem tomar qualquer decisão sem a tua orientação. Sei que tu te importas até mesmo com os menores detalhes da minha vida e que queres me guiar pelo caminho no qual devo andar. Tira de mim a paz se eu decidir sair do caminho das tuas maiores bênçãos para mim. Ajuda-me a nunca me desviar de tua vontade boa, perfeita e agradável.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Quando Deus não responde-1 Samuel 28.6

Todo dia com Deus
Quando Deus não responde

Ele [Saul] consultou o Senhor, mas este não lhe respondeu nem por sonhos nem por Urim nem por profetas. (1 Samuel 28.6)

Deus nem sempre responde imediatamente a nossas orações. É possível que tenha outro propósito ao não dar uma resposta direta. Qualquer que seja a razão, é sempre boa ideia “consultar o Senhor” e sempre má ideia agir por conta própria. Saul fez isso. Sentia-se tão desesperado por uma resposta que não pôde esperar e procurou uma mulher que invocava espíritos para obtê-la.

Quando Deus não responde a suas orações, recue e espere. Ele está lhe dando uma oportunidade de confiar nele em meio à incerteza e hesitação que possa estar sentindo. O fato de Saul ter consultado de imediato a feiticeira — algo que sabia ser expressamente proibido por Deus — mostrou como era pequena sua confiança no Senhor.

Que resposta à oração você está esperando? Ficou desanimada por causa disso? Sente-se tentada a pensar que Deus não está ouvindo suas orações ou que ele não se importa com seu pedido? Acha que talvez deva interferir e lidar com o problema por conta própria, já que não recebeu nenhuma resposta de Deus?

Se é isso que está pensando, peça a Deus que a ajude a confiar nele, mesmo quando isso lhe parecer difícil. Diga-lhe que está grata porque ele sabe melhor que você o que deve ser feito.

Oração

Deus, te agradeço porque sempre ouves as minhas orações. Dá-me paciência para esperar que as respostas cheguem do teu jeito e no teu tempo perfeito. Dá-me a paz de aceitar a tua resposta — ainda que ela seja um não. Ajuda-me a nunca tomar as rédeas da situação e , obter um resultado que contrarie tua vontade. Confio que sabes o que é melhor para mim em todos os momentos.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Deus olha seu coração-1 Samuel 16.7

Todo dia com Deus
Deus olha seu coração

O Senhor, contudo, disse a Samuel: "Não considere sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração."- 1 Samuel 16.7

Não é consolador saber que Deus não nos julga como outras pessoas geralmente o fazem? Ou da maneira crítica como nós algumas vezes nos julgamos? Deus se ocupa do que está em nosso coração. Isso significa que ele se importa com pensamentos, paixões, atitudes e se confiamos nele e amamos seus caminhos. Ele não valoriza aparência, posição social ou financeira, ou qualquer medida exterior que o mundo considere importante.

A escolha de Davi - alguém conhecido como um homem segundo o coração de Deus - demonstra a ênfase divina nas características interiores. O status de Davi na família era tão pequeno que nem sequer foi chamado para encontrar-se com Samuel. Davi era o filho mais moço, que cuidava das ovelhas. No entanto, ele foi escolhido para ser o rei, para realizar grandes feitos e fazer parte da linhagem da qual viria o Salvador que Deus enviaria a Israel. Deus, é claro, não via Davi como até a própria família o via.

O que Deus vê em seu coração? Faça um levantamento minucioso. Primeiro, ore pedindo que Deus revele, e depois remova qualquer coisa indevida em seu coração - ressentimentos, ira, pensamentos pecaminosos. Segundo, ore por coisas grandes, sabendo que, se Deus pôde usar um jovem pastor, ele pode usar qualquer um para grandes realizações!


Oração

Querido Senhor, sou profundamente grata(o) por não me julgares da maneira como as pessoas o fazem.Obrigada(o)  porque tu olhas para o meu coração de modo a ver meus pensamentos, minhas atitudes e meu amor por ti, e não para ver como sou bem-sucedida (o) ou atraente. Remove todos os desejos pecaminosos e enche meu coração do teu amor, da tua paz e da tua alegria.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Deus vê nosso coração- 1 Samuel 15:22

Todo dia com Deus
Deus vê nosso coração para com Ele

Ande na graça, não no legalismo

"Acaso tem o Senhor tanto prazer em holocaustos e em sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão é melhor do que a gordura de carneiros".- 1 Samuel 15:22


Há caminhos corretos e caminhos errados, e não podemos confundir os dois: "Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal, que fazem das trevas luz e da luz, trevas, do amargo, doce e do doce amargo! (Is 5.20). O inimigo tentará nos conduzir ao caminho errado, para longe do Senhor, caso isso aconteça, só retornaremos ao caminho correto por meio da intervenção direta de Deus. Para evitar esses desvios indesejados, precisamos obedecer ao Senhor e pedir diariamente que ele nos dê a luz de sua revelação e nos guie para onde devemos ir.

O Senhor sabe o que é melhor para nós. Quando não vivemos segundo a vontade dele, a confusão entra, e ocorrem coisas que nos aborrecem, mas que poderiam ser evitadas. Seja qual for a área à qual ele está dizendo que devemos obedecer, podemos ter certeza de que ele está tentando nos ensinar algo para nosso benefício.

Obediência não é legalismo nem exclui a graça de Deus. O legalismo diz: "Você tem de ser perfeito, mediante o seu próprio esforço". A graça de Deus diz: " Você deve fazer isso para melhorar sua vida, mas Deus o ajudará e o levantará se você cair". Peça a Deus que lhe mostre se há certos passos de obediência que ele deseja que você dê. Quando você chega a um ponto e que confia em Deus de forma tão completa que obedece a qualquer coisa que ele diz, descobre que obediência não é um peso, mas um privilégio e as recompensas são grandes.

Oração
Senhor, neste dia escolho te obedecer porque sei que minha vida funciona melhor assim. Nas áreas onde a obediência é mais difícil, caminha comigo passo a passo. Não quero fazer nada que entristeça o teu coração, mas caso tenha feito, derrama tua graça sobre mim e concede-me perdão e arrependimento, por amor de Jesus, teu Filho.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Deus vê nosso coração-1 Samuel 14.35

Todo dia com Deus
Deus vê nosso coração para com Ele

Então, Saul edificou um altar para o Senhor; foi a primeira vez que fez isso.(1 Samuel 14.35).

Como é de fato sua relação com o Senhor?

Algumas parecem ter tudo organizado no que se refere a espiritualidade. Servem na igreja e agem corretamente, mas não têm um relacionamento pessoal e verdadeiro com Jesus.

Veja Saul. Bonito e forte. Rei de Israel. Escolhido por Deus. A Bíblia no entanto, registra que Saul jurou não comer até que se vingasse de seus inimigos. Talvez tenha parecido um modo de honrar a Deus, mas foi um ato imprudente e impulsivo, que deixou seu exército desamparado e sem sustento. O capítulo seguinte nos leva ainda mais longe. Lemos como Saul implodiu como líder, tornando-se incapaz de seguir as instruções de Deus. No final, Samuel lhe diz: “Acaso tem o Senhor tanto prazer em holocausto e em sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão é melhor do que a gordura de carneiros.”(1 Samuel 15.22).

Não queremos ser o tipo de pessoa que ama a Deus apenas com palavras. Não queremos obedecer-lhe só por obrigação ou porque nossa igreja diz que devemos. Nosso desejo é obedecer a Deus porque não podemos suportar a ideia de decepcioná-lo. Não querermos ser pessoas que só oram quando os tempos são maus. Lembre sempre que o amor de Deus por você é maior que você imagina.Peça-lhe que também encha seu coração com esse tipo de amor por Ele.

Oração

Querido Deus, oro pedindo que eu tenha um coração cheio de amor por ti e por teus caminhos. Não quero ser uma pessoa que te mostre amor apenas com palavras. Quero mostrá-lo com minhas ações, minha obediência à tua lei e pela maneira como vivo minha vida.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Dom da oração-1 Samuel 12:23

Todo dia com Deus
"Concede-me o dom da oração"

"E longe de mim esteja pecar contra o Senhor, deixando de orar por vocês. Também lhes ensinarei o caminho que é bom e direito" (1 Samuel 12:23).

Você talvez pense que deixar de orar por outros não constitui pecado contra Deus, mas Samuel considerou claramente o contrário. Deus nos chama para apoiar uns aos outros, amar uns aos outros e orar uns pelos outros. Quando não agimos desse modo, deixamos de viver na unidade e comunhão que Ele deseja que tenhamos, e não poderemos experimentar todas as bençãos que ele quer dar-nos. Samuel sabia disso e anunciou que seria fiel na oração pelos israelitas - apesar de todo o mal que fizeram aos olhos do Deus.

A oração é o maior presente que podemos dar a uma pessoa. É claro que, se ela precisa de alimento, roupas e um lugar para viver, tais necessidades também devem ser satisfeitas. Isso, porém, não é motivo para negligenciar nosso dever de orar por ela. As coisas materiais são temporárias, mas as orações podem influência-la durante a vida inteira.

Não podemos receber tudo o que Deus tem para nós até que pratiquemos a oração intercessora. Isso faz parte do chamado de todo cristão porque somos todos chamados para interceder por outros. Deus quer que amemos as pessoas o suficiente para sacrificar nossa vida por elas, em oração.

Oração

Senhor, oro por cada membro da minha família e por todos os meus amigos e conhecidos, pedindo que sejam abençoados com paz, boa saúde, provisão e maior conhecimento de ti e da tua Palavra. Ajuda-me a não ser egoísta ou preguiçosa(o) na minha rotina de oração. Mostra-me por quem mais devo orar. Que eu nunca peque contra ti deixando de orar por outras pessoas de acordo com a tua vontade.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Cuidado com seus pedidos! 1 Samuel 8:4-5

Todo dia com Deus
Cuidado com seus pedidos!

Por isso, todas as autoridades de Israel reuniram-se e foram falar com Samuel, em Ramá.E disseram-lhe: "Tu já estás idoso, e teus filhos não andam em teus caminhos; escolhe agora um rei para que nos lidere, à semelhança das outras nações". 1 Samuel 8:4-5

Você talvez consiga lembrar momentos em sua vida quando orou por algo que, em retrospecto, poderia ter levado ao desastre. Embora pensemos saber o que é melhor para nossa vida e nosso futuro, muitas vezes oram os exatamente pelo que nos levaria à destruição. Deus sabe disso. Ele vê o quadro inteiro e deseja que nossas orações se harmonizem com a vontade dEle. No caso dos israelitas, conselho algum – nem mesmo as instruções do próprio Senhor através de Samuel – pôde convencê-los de que oravam erroneamente. Eles queriam um rei (1 Sm 8:4-5). O Senhor deu-lhes afinal o rei que pediam, embora soubesse que ele se tornaria na verdade um fardo para o povo.

Hoje você tem o Espírito Santo para guia-lo, até mesmo nas orações. Peça então ao Senhor que sempre o ajude a orar segundo a vontade dEle para sua vida. Busque sabedoria na Bíblia. Ore como fez Jesus no jardim do Getsêmani: “não seja feita a minha vontade, mas a Tua” (Lc 22:42). Deus então trabalhará em seu coração para que você possa aceitar a vontade dEle, mesmo que não seja o que você julgava desejar.

Oração

“Ajuda-me, Pai, a orar de acordo com a Tua vontade. Fala ao meu coração enquanto leio a Tua Palavra de modo que eu cresça em conhecimento. Capacita-me a orar em poder e de acordo com aquilo que Te agrada. 
Obrigado pelos momentos em que orei pedindo algo e Tu não me deste porque não era bom. Posso entender isso agora, e sou grata(o)!"

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Conheça a Fonte-Juízes 18.4-6

Todo dia com Deus
Conheça a Fonte

"O jovem lhes contou o que Mica fizera por ele, e disse: 'Ele me contratou, e eu sou seu sacerdote'. Então, eles lhe pediram: 'Pergunte a Deus se a nossa viagem será bem-sucedida'. O sacerdote lhes respondeu: ' Vão em paz. Sua viagem tem a aprovação do Senhor'". (Juízes 18.4-6)

Procurar alguém para aconselhar-se pode ser muito sábio - isto é , quando procuramos sabedoria nas fontes certas. Nesse caso, porém, os cinco guerreiros da tribo de Dã procuraram um sacerdote que fazia perguntas a ''deus'' usando ídolos e imagens, em vez de ao Deus verdadeiro de Israel. Mais tarde na história, esse sacerdote provou ser inconstante e desleal ao abandonar seu antigo senhor em período de crise para aceitar oferta melhor. Não se revelou, portanto, uma fonte de informação fidedigna.

Na busca por orientação de Deus, você talvez queira conhecer a opinião daqueles a quem conhece - pensando que, tanto mais conselheiros tiver, melhor. Mas, em vez de apressar-se em conseguir um parecer rápido, pare e ore. Peça a Deus que lhe dê verdadeiros discernimento. Teste a fonte antes de seguir qualquer recomendação. Pergunte apenas àqueles que podem oferecer verdadeira sabedoria de Deus.

Os homens de Dã tiveram a ideia certa: indagaram sobre a vontade de Deus. Pararam, porém, de inquirir ao ouvir a palavra dos sacerdote. Avalie o que ouvir e certifique-se de que está de acordo com a Palavra de Deus. Não há fonte mais fidedigna, e você pode contar sempre com ela.

Oração

Senhor, volto-me a ti em busca de sabedoria, direção e orientação. Quando eu precisar buscar o conselho de outra pessoa, ajuda-me a saber quando essa pessoa estiver falando com conhecimento espiritual e quando não for o caso. Ajuda-me a sempre avaliar os comentários de outros de acordo com a tua Palavra. Quero que sejas a minha derradeira fonte de conhecimento.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Confissão e arrependimento-Juízes 10:15-16

Todo dia com Deus
Confissão e arrependimento

Os israelitas, porém, disseram ao SENHOR: 'Nós pecamos. Faze conosco o que achares melhor, mas te rogamos, livra-nos agora'. Então eles se desfizeram dos deuses estrangeiros que haviam entre eles e prestaram culto ao SENHOR. E ele não pôde mais suportar o sofrimento de Israel. Juízes 10:15-16

O pecado nos separa de Deus. Essa é a pura verdade. Esse texto mostra como romper essa barreira e reiniciar um relacionamento reto com ele. A primeira parte do processo inclui confissão – contar a Deus o que você fez de errado. A segunda, arrependimento - afastar-se dos erros. Os israelitas confessaram que haviam adorado deuses estranhos. Livraram-se, então, dos ídolos e servirão ao Senhor.

A não confissão dos pecados resultam na tentativa de esconder-nos de Deus. A exemplo de Adão e eva no jardim, achamo-nos incapazes de encarar a Deus. A questão, porém, reside no fato de que é impossível esconder-nos de Deus. A Bíblia afirma que tudo será conhecido, mesmo o que pensamos e dizemos secretamente.

Nada é mais pesado e destrutivo do que o pecado. Não compreendemos quão pesado é até sentirmos seu peso esmagador em nossos relacionamentos;não percebemos como é destrutivo até depararmos com o muro que ele colocou entre Deus e nós. Como os israelitas vivenciaram, nada é mais libertador e maravilhoso que a compaixão e a graça de Deus. Ao confessar o pecado, você não está dizendo nada a Deus que ele já não saiba. Ele quer que você se cientifique de seu pecado e esteja pronto a afastar-se dele.

Oração
Querido Deus, não quero que nada me separe de Ti. 
Não há nada que compense essa separação. 
Quero confessar-te qualquer coisa que eu tenha feito de errado.
Peço-te que me reveles onde adorei outros deuses ou abriguei aquilo que consideras um ídolo na minha vida e, então, confessarei isso, me arrependerei e me livrarei de tal coisa. Quero servir somente a ti.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Deus Liberta-Juízes 3:9-15

Todo dia com Deus
Deus Liberta

Mas, quando clamaram ao SENHOR, ele lhes levantou um libertador, Otoniel, filho de Quenaz, o irmão mais novo de Calebe, que os libertou.[...] Novamente os israelitas clamaram ao SENHOR, que lhes deu um libertador chamado Eúde, homem canhoto, filho do benjamita Gera.Os israelitas o enviaram com o pagamento de tributos a Eglon, rei de Moabe. Juízes 3:9-15

O comportamento pecaminoso dos israelitas os levou a se tornarem servos de nações e deuses estrangeiros. Entretanto, sempre que clamavam ao Senhor, ele era fiel em resgatá-los.

Todas nós precisamos de libertação num momento ou outro. Por mais espirituais que sejamos, ainda somos feitas de carne. Não importa quão boas nos consideremos, temos um inimigo que tenta erguer fortalezas do mal em nossa vida. Jesus nos ensinou a orar: “Livra-nos do mal”(MT 6:13). Ele não nos instruiria desse modo se não precisássemos ser libertadas(os). Apesar disso, não oramos sempre dessa maneira. Muitas vezes vivemos como se não compreendêssemos que Jesus pagou um preço enorme para que pudêssemos ser livres. Deus quer nos livrar de tudo o que nos prende, de tudo que nos separa dele. Ele quer continuar nos libertando a cada dia.

Você se sente escravizada (o) por finanças, doença, vícios, relacionamentos poucos sadios, imoralidade ou ressentimentos? Você se esforça para ficar perto de Deus ou para crer que ele ouve suas orações e vai respondê-las? Teme não vencer nas áreas de conflito e fica então mais desanimada que alegre? Deus quer libertá-la. Quer que lembre que ele é o Libertador. Lemos em Salmos:
"Clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará" (50:15).

Você encontra libertação ao orar você mesma por ela(Sl 72:12), ao pedir a outro cristão que ore com você (Sl 34:17), ao ler a verdade da Palavra de Deus com grande entendimento e clareza (Jo 8:32), e ao passar tempo na presença do Senhor. O meio mais eficaz e poderoso de passar na presença do Senhor é pelo louvor e pela adoração. Toda vez que adorar a Deus, o poder do mal será interrompido, pois o Senhor habita em seus louvores o que significa que você esta em sua presença.

Lembre-se de que a libertação é um processo contínuo. Deus quer que você seja integra (o) e acompanhara esse processo até o final. Não desista. 'Aquele que começou boa obra em vocês vai completá-la até o dia de cristo Jesus” (Fp 1:16)

Oração

Senhor, oro para que me livres de qualquer fortaleza que o inimigo tenha levantado para minha destruição. Obrigada(o) porque continuas a me libertar a cada dia. Eu te louvo como meu Salvador e Libertador.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian


quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Intimidade com Deus-Juízes 2:20-21

Todo dia com Deus
Intimidade com Deus

Por isso a ira do Senhor acendeu-se contra Israel, e ele disse: "Como este povo violou a aliança que fiz com os seus antepassados e não tem ouvido a minha voz, não expulsarei de diante deles nenhuma das nações que Josué deixou quando morreu. Juízes 2:20-21


Depois de anos de luta para chegar à terra prometida, a nação de Israel afastou-se do Senhor que os guiara a té ali. Por quê? Por não terem mantido uma conexão pessoal com Ele.Contar com a fé dos antepassados não foi suficiente para sustentá-los, e eles se voltaram para outros deuses.

Esse mesmo princípio se aplica a nós. Para sustentar nosso relacionamento atual com Deus, não podemos confiar na fé de outras pessoas, ou mesmo em nossas experiências com Ele no passado. Devemos manter um relacionamento vivo, dinâmico, ativo com o Senhor mediante uma vida de oração e de leitura bíblica a fim de conhecê-lo intimamente.

Oração é muito mais que apenas pedir ou receber conselhos. É sua via para conhecer o Deus do universo e ser conhecidos por Ele. Embora o Senhor já o conheça completamente, não há meios de experimentar essa realidade senão pela comunicação pessoal com Ele.

Deus a(o) criou e deseja fazer parte de sua vida. Ele não deseja que você caia em tentações e perigos, como aconteceu com os israelitas. Não deixe de manter uma vida de oração permanente e tome cuidado para não se apoiar em experiências passadas com ele. Isso pode levá-lo a um território perigoso.

Oração

"Deus Pai, não desejo jamais me afastar de ti por meio de minha negligência, quero passar mais tempo na tua palavra e em oração. Quero estar sempre numa caminhada cada vez mais próxima(o) de ti. Ajuda-me a conhecer-te melhor e ser cada vez mais semelhante a ti. Não quero cair em tentação, pecado ou ociosidade. Em vez disso, quero ter uma nova e mais profunda experiência contigo a cada dia."

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Ame o Senhor-Josué 22.5

Todo dia com Deus
Ame o Senhor pelo que Ele é

"Mas guardem fielmente o mandamento e a lei que Moisés, servo do Senhor, lhes deu, que amem o Senhor, o seu Deus, andem em todos os seus caminhos, obedeçam aos seus mandamentos, apeguem-se a ele e o sirvam de todo o coração e de toda a alma."- Josué 22.5

Os pais gostam de dar coisas boas aos filhos: amor, um lugar seguro e confortável para morar e uma vida boa na medida do possível. Nós os protegemos, os educamos, cuidamos deles quando estão doentes e os preparamos para a vida. Fazemos tudo isso porque os amamos.

Entretanto, não queremos que nossos filhos deixem de dar valor às coisas boas que lhe damos. Queremos que sejam gratos. Não queremos que se aproximem de nós simplesmente  porque querem dinheiro ou coisas. Queremos que eles queiram estar conosco porque nos amam.

Deus quer que o valorizemos mais do que qualquer coisa que ele possa nos dar. Ele tem prazer em dar-nos coisas. É de sua natureza. Isso lhe dá prazer. Mas Ele se negará a fazê-lo quando for necessário, quando parecer que desejamos mais as dádivas do que o Doador. Ele quer que o amemos o suficiente para estarmos simplesmente com ele, para o buscarmos como nosso maior presente.

Quando nos colocamos em sua presença em adoração por nenhuma outra razão senão porque o valorizamos acima de todas as coisas, ele nos recompensa.

Deus espera que nos coloquemos sua presença (Sl. 14.2). Ele quer que o amemos e o apreciemos apenas pelo que Ele é. Quando você simplesmente o adorar por quem Ele é, Ele lhe concederá alegria e descanso.

Oração

"Senhor, desejo conhecer-te de um modo mais profundo. Minha alma anseia estar perto de ti para sentir a batida do teu coração e perceber o fluir do teu amor para meu ser. Enche meu coração com um conhecimento tão grande de ti a ponto de o fato de louvar-te passar a ser como o ar que respiro. Tu és santo e justo, e não tenho alegria maior na vida do que te exaltar."

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...