Receba no seu e-mail

domingo, 15 de maio de 2016

Orando em favor de outros

Mais perto do Coração de Deus

Orando em favor de outros

Você já tentou compartilhar sua fé com um amigo incrédulo só para ver essa pessoa mostrar desinteresse ou franca hostilidade? As pessoas que o rodeiam podem rejeitar sua preocupação com elas e ignorar a própria necessidade de um Salvador. No entanto, em momentos de crise, lhe permitirão orar por elas. Talvez até a procurem para pedir oração, sabendo que você tem uma “linha direta” com o céu.

Orar torna-se algo difícil quando se trata daqueles que nos prejudicaram. No sermão do monte, Jesus instruiu seus seguidores a desconsiderar a sabedoria da época com relação aos inimigos e a praticar, em vez disso, o amor mediante a intercessão. “Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas Eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem” (Mateus 5:43-44).

O faraó do Egito colocou toda a sua fé na habilidade dos sábios, feiticeiros e mágicos de usarem as artes secretas para realizar milagres. Mas, quando as pragas provaram ser o “dedo de Deus”, o faraó pediu ajuda a Moisés, o único homem que ele sabia ser realmente capaz de interceder (Êxodo 10:16-17).

Pela observação de sua vida, os incrédulos deveriam poder dizer que você é uma pessoa em quem eles podem depender quando necessitarem de oração junto Àquele que pode de fato fazer a diferença.

Fonte: A Bíblia da Mulher Que Ora / NVI – Editora Mundo Cristão
#euoro

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...