Receba no seu e-mail

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Porque agimos deste modo? Levítico 10:1-2

Todo dia com Deus
Porque agimos deste modo? 

Nadabe e Abiú, filhos de Arão, pegaram cada um o seu incensário, nos quais acenderam fogo, acrescentaram incenso, e trouxeram fogo profano perante o Senhor, sem que tivessem sido autorizados. Então saiu fogo da presença do Senhor e os consumiu. Morreram perante o Senhor.Levítico 10:1-2 

As coisas que você faz podem tornar-se rotineiras. Se realiza um ritual, mesmo que seja sagrado, é fácil esquecer-se de seu significado. Nadabe e Abiú foram exemplos característicos. Eles não levaram a sério algo que deveria ser santo e pagaram um alto preço por seu erro.

Pela descrição de Levítico 10, sabemos que Nadabe e Abiú desconsideraram as instruções. Tal negligência não foi um simples engano, mas um ato de desrespeito a Deus. A atitude deles parece imprópria quando lembramos que eles eram filhos de Arão, sobrinhos de Moisés. Eles presenciaram milagres, andaram no meio do mar Vermelho e comeram o maná. Seu pai se tornara o primeiro sacerdote, e eles, como seus filhos, foram aceitos no sacerdócio.

Êxodo 24:9-10 nos conta que Nadabe e Abiú estavam entre os 74 homens que subiram o monte com Moisés e viram a Deus. No entanto, quando chegou o momento de honrá-lo pela obediência, não julgaram importante fazer o que ele queria.

Você já chegou a ser assim tão negligente? Ora tanto quanto Deus deseja? Tem reservado diariamente um tempo para meditar em sua Palavra? Se a resposta é não, peça a Deus que lhe renove o entusiasmo de passar tempo com Ele. Restabeleça a paixão e o significado de estar na presença de Deus.

Oração

Pai santo, ajuda-me a nunca ser descuidada (o) em relação aos teus caminhos ou à tua palavra. Capacita-me a não permitir que qualquer coisa relacionada à minha adoração a ti torne- se sem vida ou se transforme num ritual sem profundidade. Mantém frescas e vivas em meu coração as disciplinas da oração, do louvor e da leitura da palavra.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...