Receba no seu e-mail

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

O Preço do perdão-Levítico 1.4

Todo dia com Deus
O Preço do perdão

E porá a mão sobre a cabeça do animal do holocausto para que seja aceito como propiciação em seu lugar. (Levítico 1.4)

No sistema de sacrifício do Antigo Testamento, o perdão exigia um preço.

Hoje, entendemos o perdão ao olhar o sacrifício de Cristo. No Antigo Testamento, o povo esperava pela salvação de Cristo. Os sacrifícios e as ofertas prenunciavam a provisão que viria por meio de Jesus. Os sacrifícios constituíam símbolos – a vida de animais inocentes era oferecida como pagamento pelos pecados do povo. O animal não era simplesmente colocado na porta do tabernáculo. Levítico 1.4 diz que o adorador colocava a mão sobre a cabeça do animal que seria morto. Uma vez consumado o sacrifício, os sacerdotes cuidavam do restante. Não antes. A morte do animal simbolizava a punição pelo pecado e a necessidade de perdão do povo a fim de ter um relacionamento com Deus.

Quando você se apresenta a Deus para confessar os pecados, sente que o preço pago por Jesus é real? É tão real quanto se pusesse a mão na cabeça dele enquanto Ele carregava a cruz para o Gólgota? Hoje, o perdão pode parecer tão sanitizado como que uma morte ocorreu para que pudéssemos ter a provisão.

Tenha em mente que o preço para o seu perdão foi pago pelo sacrifício de Jesus. O antigo sistema sacrificial serve de lembrança de que o preço era a própria vida.

Oração
Senhor ajuda-me a não me esquecer do preço que pagaste para que eu fosse perdoada. Não quero pensar que mereço o que tu fizeste, achando que não preciso fazer mais nenhum sacrifício. Agora, o sacrifício que quero fazer é o de ação de graças e louvar a ti pelo que fizeste para me libertar das conseqüências do meu pecado.

Fonte: Bom dia – Leituras diárias com Stormie Omartian

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...