Receba no seu e-mail

terça-feira, 27 de maio de 2014

Cuidado com as Palavras-Tiago 3:8-12


Âncoras para a vida

Cuidado com as Palavras

"Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa? " (Tiago 3:8-12)

Você já falou palavras que machucaram profundamente alguém?

Você se lembra de alguma vez em que uma simples palavra de encorajamento provocou a cura de feridas profundas?

“Se deixarmos as palavras saírem sem qualquer tipo de controle, poderemos nos arrepender logo depois; uma vez falada, as palavras percorrem os seus próprios caminhos, saem do nosso controle e produzem efeitos para os quais não estamos preparados” (David J. Merkh).

“…O que sai do homem isso contamina o homem.Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as fornicações, os homicídios,Os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem. (Marcos 7:20-23)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...